BLOG - #brsinforma

blog image

Feiras sobre a tecnologia de geração de energia solar fotovoltaica são cada vez mais frequentes, criando amplos espaços para o diálogo e para a disseminação de novos conhecimentos sobre o setor.

A BrS Energia está sempre atenta para participar destes fóruns e trazer o que tem de melhor para o Brasil, visando tornar cada vez mais acessível a tecnologia. É com este objetivo que nosso CEO, Silvio Costa Neto, participa da “Intersolar Europe”, que acontece de 31/05 a 02/06 na Alemanha. Com o lema Connecting Solar Business (Conectando com o negócio solar), a segunda maior feira de energia solar do mundo conecta as pessoas e mercados, facilitando o intercâmbio de informações sobre produtos e serviços. Paralelamente à feira, ocorre uma conferência (Intersolar Europe Ceference) em que novidades e tendências do setor são colocadas em discussão.

A escolha do lugar para a realização da Intersolar não poderia ser outra. Sistemas de energia solar fotovoltaica são uma realidade em toda a Alemanha”, afirma Silvio Costa Neto, após visualizar 3 usinas de geração em menos de 5 minutos, em seu percurso entre as cidades de Stutgart e Munique.

Investindo desde o início do século XXI em energias renováveis, a Alemanha se tornou um dos maiores produtores de eletricidade solar do mundo, graças à criação de uma tarifa regulada para a produção de energia renovável, introduzida pela lei German Renewable Energy act no ano 2000, que reduziu os custos de implantação cerca de 50% em 5 anos.

Desde a implementação da Lei, o país vem batendo diversos recordes, pois além de serem um dos maiores detentores de energias renováveis do mundo, contam também com uma das maiores usinas fotovoltaicas, sediada em Hemau com 32.740 painéis solares, projeto que custou cerca de 18,4 bilhões de euros e abastece toda a demanda da cidade, que contém 4600 habitantes. No dia 08 de maio do último ano (2016) o país vivenciou um marco histórico, pois 95% de toda a demanda energética do país foi suprida com fontes renováveis, sendo 45,2% pela energia solar, devido a um dia ensolarado com fortes ventos no país, somando mais uma conquista para o país que visa em 2050, suprir toda a necessidade com energia renováveis.

Pode parecer distante, ou até mesmo um sonho substituir toda produção energética de um país, sustentada em nuclear, hidráulica, por renováveis, mas eles já mostram que não. Hoje 35% da demanda do país é suprida por essas fontes e mais, eventos do setor elétrico de cunho mundial demonstram a força crescente da eletricidade solar.

E você, vai participar deste movimento? Já começou a contribuir para mudar a matriz energética do nosso país?

Entre em contato com a BrS Energia!